Prepare seu bolso: o IPVA de 2022 deve ficar mais caro

Por Fetrabens | 22 de setembro de 2021

Compartilhe:

 

O IPVA, que é um percentual cobrado sobre o valor dos automóveis, motos, caminhões e outros veículos terrestres, deve ter um considerável aumento no próximo ano.

Apesar dos valores ainda não terem sido divulgados, a projeção é que o aumento ocorra por causa dos valores dos veículos que subiram muito em 2021.

A principal explicação para esse valor são os preços dos veículos que sofreram uma disparada neste ano. Com a falta de matérias primas como o aço e o alumínio, veículos novos não estão sendo fabricados como anteriormente.

Conforme os dados da tabela Fipe analisados no período entre fevereiro de 2020 e julho deste ano, o preço dos veículos terrestres subiu consideravelmente. Enquanto carros zero km passaram por um aumento de 19,9%, automóveis usados tiveram uma elevação no valor equivalente a 24,4%.

É notável na análise que a subida iniciou, justamente, quando a pandemia começou a causar reais impactos no país, ou seja, em março de 2020.

Fonte: Jornal Contábil